Slow Fashion x Fast Fashion
Lifestyle Moda

Slow Fashion x Fast Fashion

Os anos 2000 foram marcados pelo boom da internet e, claro, da globalização. Isso foi um dos motivos da indústria da moda começar, cada vez mais, a investir no mercado popular, com as famosas lojas de departamento.

A ideia de Fast Fashion é ser acessível para todos. Para isso, se vê necessária a produção em grande escala, feita por mão de obra cada vez mais barata e materiais de qualidade inferior.

Em 2004, o termo Slow Fashion apareceu pela primeira vez em Londres, nas palavras de Angella Murrills, uma famosa jornalista de moda. O conceito de Slow Fashion surgiu como uma alternativa sustentável para a moda.

Nesse modelo, além da produção em si ser reduzida, é priorizada a diversidade e coloca o local à frente do global.  É por conta desses fatores que, normalmente, roupas de lojas menores acabam sendo mais caras do que as de departamento.

O Slow Fashion se apresenta como um freio no modo de consumo atual e promove algumas reflexões a respeito das necessidades e prioridades das pessoas.

Você também pode gostar...